Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

riscos_e_rabiscos

.

.

Tou meia chocha... :/

Apesar de ser sexta-feira e de ser véspera de entrada em "férias" (sim, porque férias é só de nome) estou meia chocha... :/

 

Desde ontem que estou chateada! Ao ver os testes constatei que me faltava um de um aluno. Eu tive tanto cuidado na recolha - pois já tinha acontecido uma história com outro aluno que tinha desaparecido com o teste -, fui mesa a mesa, só não os contei. Pois foi aqui a morte do artista! Já de sobreaviso, optei por recolher os testes nas mesas para que nada falhasse e mesmo assim, faltou-me um teste. Eu acho que estou a ser posta à prova e estou a falhar... :(

 

Desde ontem que estou num estado de nervos. Enquanto não resolver este problema não vou acalmar. Será que ficou junto com outros testes de outras turmas que já deixei na escola? Será que ficou junto com outras fichas desta turma, dentro de uma pasta e que eu lá coloquei no dia do teste? Estas situações arrasam-me. Há tantos anos que dou aulas e nunca na vida me aconteceram coisas destas como este ano com esta turma. A sério. Dei aulas em sítios em que os miúdos vêm de meios desfavorecidos e que organização e sentido de responsabilidade é zero, e nunca aconteceu isto! Quase que me sinto doente... :/

 

Depois não dormi nada de jeito. Talvez por causa desta situação. Foi rebolanço de um lado para o outro e um sonho bem parvo! Sonhei que tinha cortado o cabelo com aquele corte à Victoria Beckam - que por acaso já usei e que me ficava muito bem - e que tinha pintado o cabelo de loiro quase branco! E em vez de ter ficado com o meu cabelo lisinho, fiquei com cabelo tipo palha... :/

 

O que vale é que é sexta-feira, o meu principe encantado e o seu fiel escudeiro virão a caminho de casa e o assunto do teste irá ser resolvido assim que chegar à escola. :/

Um mal nunca vem só.

É verdade. Não sei se tem medo de andar sozinho mas o facto é que a seguir a um mal, geralmente, sucede-se outro.

 

Depois da aventura de ontem que me deixou de nervos em franja, só me faltava mesmo ser brindada com uma crise de alergia.

Acordei aflitíssima da rinite alérgica. Ataquei logo com toda a medicação possível mas custou a acalmar. A minha vontade, hoje, era ficar em casa sem mexer um músculo mas não me fiz a vontade.

 

A minha sorte é que as crianças estavam em modo "bem comportado" e a coisa correu bem. É que nem fôlego tinha para levantar a voz caso fosse preciso.

 

Estou abananada, com dores laterais na língua (eram muito mais bem empregues nas línguas de muita gentinha que anda por aí a dizer baboseiras) e dores no corpo de tanto espirrar. O meu nariz parece que está em obras e os olhos estão todos vermelhuscos. Até a pele fica ressequida. 

 

Estou a pensar seriamente em começar a usar uma mola no nariz assim que a Primavera começar. Parece-me um bom método natural de prevenção. Que acham?

 

Ah mas se estas coisas todas são para pôr à prova a minha boa disposição e energia positiva... Desistam! O vosso objectivo não está a ser conseguido!!!

 

E para terminar mais uma jornada de trabalho com o sentido de objectivo cumprido e com um sorriso no rosto, nada melhor do que chegar a casa ainda de dia e com o sol a espreitar!

 

Desta é Que Foi.

 

Ai foi, foi... e foi à cama! Ai tão doentinha que eu estive ontem! Eu nem vou entrar em pormenores para não vos contagiar! Só vos digo que nem podia mexer uma palha! Assim, enfiei-me lençóis adentro, Bóbi dentado ao fundo da cama para aquecer os pés e testes à mão de semear mas os momentos de mais "rijeza". E olhem que ainda consegui ver meia turma! Ah, e pintar as unhas! Gaja que é gaja, não pode sair de casa com a manicure por fazer... verdade?! :P

Eu é Que Sou!

Fui fazer uma visita ao blog da minha amiga Mia ( já ia dizendo Maya...lol!) para ver se ela também tinha tido alguma aventura maluca, daquelas parecidas com as minhas, quando me deparei com um teste engraçado.

Geralmente, nem faço estes testes mas este resolvi tentar. Só por curiosidade. estava plenamente convencida que iria sair uma coelha (sabe-se lá porquê...!), uma hipópotama, uma elefanta, qualquer coisa do género... uma "animala" de grande porte!

Afinal o resultado foi este:

 

Nunca me imaginei uma Kitty! Afinal Eu é que sou a Kitty! Ahahahah!